sábado, 8 de outubro de 2011

A Entrevista

Ontem fui a uma entrevista de pré-estágio, a primeira do género e de qualquer tipo a que alguma vez fui. Aviso já de antemão que não fui seleccionada, mas sinceramente também desconheço quais foram os critérios de selecção. Limitei-me a ser eu mesma e a responder ao que me era perguntado. Nada contra o entrevistador, até foi bastante engraçado, mas pronto, alguém devia ser melhor que eu, e quanto a isso não há que lhe fazer.

O meu dia começou comigo a acordar cedo e a pensar "não vou ter tempo para fazer tudo e vou chegar atrasada", o que não é invulgar em mim, porque eu penso sempre o mesmo nestas ocasiões. Lá me levantei com um sono dos diabos, vesti a blusinha com um belo laçarote, que me levou tempo sem fim a por direitinho, prendi o camafeu no fito laçarote, penteei-me e maquilhei-me - tudo isto em calções de pijama da Pantera Cor-de-Rosa que a Micas me ofereceu (ainda dizes tu que nunca me vez com ele... o que é normal já que só o uso para dormir e nós não dormimos propriamente juntas - just kidding =P).

Depois fui passar as calças a ferro, que tinha posto a lavar no dia anterior... que ainda não tinham secado completamente. Então eu pensei "bem, elas acabam de secar quando eu as passar a ferro". Isso é que era! O c*railho do ferro decidiu dar-me praxe e começar a largar água por todos os lados. Conclusão: as calças ficaram uma m*rda e ainda mais molhadas. Mas eram aquelas que eu queria e levar e decidi pô-las a secar na marquise enquanto arrumava as minhas coisinhas e tomava o pequeno-almoço. Quando as fui buscar, era óbvio que ainda estavam húmidas. Vesti-as mesmo assim (ideia maravilhosa, não?! Sou tão croma... --'). Calcei-me, sem antes passar uma esponjinha nas sabrinas para elas ficarem mais bonitas e fui para a varanda levar com o solinho quente da manhã no rabo para ver de o raio das calças secava. Não ficaram totalmente secas, mas deu para o gasto.

A minha boleia chegou e lá fomos nós para a entrevista. Só que já estávamos perto do sítio e X da sede da sociedade. Lá liguei para o local, mas felizmente constatamos que não éramos as únicas com dificuldades em dar com o sítio. Quando entramos: o povo todo de calças de ganga, t-shirt e camisa, nada de gravatas nem fatinhos xpto. Ora bolas... e nós todas pipis. Entrou uma rapariga para a entrevista, depois fui eu e no fim a Cátia que tinha ido comigo. Só ficamos nervosas aquando da espera, que antes estávamos na maior.

Quando me chamaram, entrei, dei os apertos de mão da praxe e sentei-me, direitinha, sem cruzar as pernas ou os braços. Não esqueci o sorriso leve e o contacto visual. O advogado fez-me perguntas, deixou-me logo à vontade e até brincou comigo um pouco. A coisa correu bem e rapidamente. Saímos e voltamos para casa, eu para acabar de fazer a mala e para almoçar uma sandoca e voar para o TUB, que não me deixou entrar, nem às outras pessoas na paragem, porque estava a rebentar pelas costuras de tanto povo lá dentro. Lá ficou a Night à espera do seguinte, e a rezar para não perder mais um comboio. Mas pronto, acabei por apanhar o TUB seguinte, o comboio seguinte e chegar a casa a morrer de fome a cansaço.

É pena não ter sido seleccionada. Ia ganhar bastante experiência profissional e pessoal, que uma pessoa nunca sabe o que nos vai acontecer no futuro e a vida de um advogado é ligar com as relações interpessoais de montes de gente, evoluir como profissional e como pessoa. Com sorte, acabava por ficar lá a estagiar após terminar a licenciatura, ou pelo menos receberia uma carta de recomendações. Mas calhou assim. Fiquei desapontada, não o vou negar, contudo é sempre uma experiência. Acho que não fiz nada errado, só que simplesmente não era o que eles estavam à procura. Outras oportunidades virão, o que importa é não desistir e olhar para a frente. Daqui a uns anos eles vão olhar para mim e perceber que perderam uma óptima colaboradora xD

http://2.bp.blogspot.com/_ok0K4T1K7TI/S9_6WtUq7uI/AAAAAAAABYs/F21uekEso7g/s1600/direito.jpg

6 comentários:

  1. Sim, mais oportunidades virão. É sempre uma boa experiencia de aprendizagem estas entrevistas.

    ResponderEliminar
  2. Conheço, funções junior, funções onde não é necessária experiência, estágio...mas o que é pré-estagio?

    ResponderEliminar
  3. Desculpa a minha pergunta estúpida mas entrevista para quê?

    ResponderEliminar
  4. Heartless - É isso mesmo. Obrigada pela a ajuda ^^

    XL e Corina - Era uma entrevista para um pré-estágio, que é um pequeno estágio que é feito antes de se acabar a licenciatura. No meu caso, o estágio é obrigatório para exercer e este pré-estágio dá experiência e enriquece o CV quando for altura de encontrar patrono (que é o advogado que nos dá o estágio obrigatório).

    ResponderEliminar
  5. É esse o espírito! boa sorte para a próxima :)

    ResponderEliminar
  6. Não te preocupes que a próxima vai correr melhor!
    :)

    ResponderEliminar

Sê bem vindo!! Achaste este post tão maravilhoso como a sua autora? Ou tão alucinado da mona? Sente-te à vontade para deixar o teu contributo. Responderei assim que possível. Obrigada pela visita e volta sempre =)