quarta-feira, 21 de setembro de 2011

A beleza doi... ai se doi!

Ainda há umas horinhas estive a fazer a depilação a mim mesma. F*da-se! Acho que nunca me vou habituar a me torturar daquela maneira. Às vezes penso que as coisinhas más que se faziam aos homenzinhos igualmente maus (ou que se acreditava serem maus) nem se comparam à depilação a cera quente. Ou então deviam ter pensado nisso nessa altura, que iam por aquele povo todo a berrar de dores. Eu cá até investi numa máquina, e agora é só comprar a cera e as coisinhas de papel para tirar. Ainda me estou a colar toda, que estou a fazer tempo para ir tomar banho, e por creminho que as penocas já estão a pedir aos berros por hidratante. O que nós meninas temos que passar...!

Eu sei que os meninos não vão querer saber das nossas queixas e lamurias por causa de "uns pelinhos", mas não são eles que sofrem. Quer dizer... ainda há por ai uns meninos que se sujeitam às artes depilatórias. Só que muito sinceramente, homem que é homem tem pelo! Não que goste disso, mas vá, fazer a depilação ao peito, até se vai aceitando, especialmente quando os rapazes em questão têm um jardim plantados nas suas pessoas, ou então os desportistas que têm que depilar aqui ou ali. Exceptuando estes casos, sou totalmente contra! Ficam a parecer uns franguinhos depenados.

Podem achar-me antiquada, old school e até um pouquinha atrasada no tempo, mas quero lá saber. Ter um namorado com pele tipo rabo de bebé?! Não senhor!! Muito obrigada, mas nem pensar. Filha da minha mãe é que não vai nessa. É que nunca foi! Como já disse vide supra, para mim homem tem pelo, sem ter que se um Macaco Adriano, porque isso também não. O que é demais é erro!

No caso das meninas, acho que já devíamos nascer sem pelos, salvo algumas excepções necessárias a uma vida saudável e harmoniosa com o universo. Isso excluiria logo as pernocas (e zonas "adjacentes" xD) e o buço. É que já eram. As sobrancelhas já nasciam delineadinhas e perfeitinhas, e não havia cá pinças para ninguém. É verdade que as senhoras esteticistas e/ou vendedoras de todo um leque de produtos de depilação e afins necessitam de ganhar o seu dinheirinho, mas eu também necessito de paz e sossego, e se começasse  numa guerra vencida por mim contra a penugem indesejável, uma pequena parte dos meus problemas estava resolvido. Isso e algunas "subespécies" de pessoinhas...

Era a erradicação dos pelos de que não preciso, ou então voltarmos àquela altura mesmo nos confins da História em que as mulheres eram valoradas pelos seus pelos corporais: quanto mais pelos tinham, mais desejadas socialmente eram. E se pensar bem, acho que não queria viver assim... Ia-me sentir uma badalhoca e eram só gajos atrás de mim (se é que me entendem... --'). Eu já tenho o meu foufinho e não preciso de mais nenhum. Mas os pelos é que também podiam facilitar a coisa, não?

5 comentários:

  1. Corina - I will!!

    Heartless - Pois... não é a ti que te dói! xD

    ResponderEliminar
  2. tb tenho de ir... opa, doi, mas eu acho que vale a pena, porque depois até nos sentimos outras :P

    ResponderEliminar

Sê bem vindo!! Achaste este post tão maravilhoso como a sua autora? Ou tão alucinado da mona? Sente-te à vontade para deixar o teu contributo. Responderei assim que possível. Obrigada pela visita e volta sempre =)